Até quando vão surgir novas variantes da Covid-19?

Igor Juan

15 de junho de 2021
Atualização:15 jun 2021 às 13:37

A Covid-19 já se tornou uma realidade no Mundo e será uma doença que demorará para ser erradicada, assim como os vírus da Gripe H1N1, por exemplo. Isso se deve ao fato de que o coronavírus é muito versátil, e se multiplica várias vezes, gerando novas variantes.

Desde 2019, o coronavírus passou por várias mutações, gerando duas variantes que são mais contagiosas que a cepa original, que são a Alpha, popularmente conhecida como variante do Reino Unido, e a Delta, a mais recente, popularmente chamada de variante indiana.

Isso significa que a Covid-19 irá criar variantes novas por tempo indeterminado? A resposta, infelizmente é SIM. Como todo ser vivo que se preze, o vírus passará sempre por Evoluções, para tentar sobreviver em novos ambientes, ou em situações onde sua vida é ”ameaçada”.

Mas, isso não deve ser motivo para ”medo” ou servir de motivo para você não tomar a vacina, pois esse processo evolutivo também é comum para os demais vírus, como a Gripe e o Sarampo. Aliás, esse processo é como se fosse uma ”tentativa e erro”, pois nem sempre as novas variantes serão tão perigosas.

Por que os vírus evoluem e criam novas variantes?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que a Evolução é um processo natural muito importante para cada espécie sobreviver em um determinado ambiente. Isso aconteceu com os primeiros animais da Terra, plantas e inclusive nos Seres Humanos, e com os vírus, o processo não é diferente.

No caso dos vírus, eles podem se adaptar evolutivamente de 4 formas: 1) Aprimorando o seu poder de infecção; 2) Melhorando sua sobrevivência na atmosfera; 3) aumentando a capacidade de permanecer no organismo por mais tempo e 4) criando novas cepas mais contagiosas.

Entretanto, isso não quer dizer que a Covid-19 se tornará um super vírus poderoso e imune à qualquer tipo de vacina, pois nenhuma espécie de ser vivo já encontrado evoluiu a ponto de se tornar ”imortal” ou ”indestrutível”. Todos os processos evolutivos apresentam vantagens e desvantagens, o que pode fazer, por exemplo, da Covid-19 superar todas as vacinas, mas se tornar um vírus menos infeccioso. 

Sendo assim, a única forma de combater a Covid-19 é realizar Campanhas de Vacinação anuais, iguais as da Gripe Suína, para que o nosso organismo seja imune às diversas evoluções que o vírus passará;