Confira cinco pessimos hábitos que destroem o seu carro

Igor Juan

26 de abril de 2021
Atualização:26 abr 2021 às 16:33

Quando um carro quebra, consertá-lo requer que o motorista gaste muito dinheiro. Mesmo com seguros e garantias, custear um conserto ou uma manutenção de um veículo é muito complicado. O que muitos não sabem, é que esses consertos podem ser evitados, se o condutor saber dirigir direito.

Segundo pesquisas feitas por entidades que analisam o setor automotivo, cerca de metade dos pedidos de conserto são para resolver problemas menores, como trocas de pneu, ruídos estranhos e problemas leves no motor. Entretanto, outros 50% são de manutenções preventivas, pois a maioria desses motoristas cometem alguns erros na direção que podem comprometer o carro:

Passar na diagonal em valetas e lombadas

Passar em uma lombada ou em uma valeta na diagonal compromete seriamente a suspensão do carro, podendo fazê-lo quebrar. O conserto dessa parte do carro pode passar dos R$ 500 reais, sendo um procedimento muito caro. Para isso, reduza a velocidade quando estiver passando em uma. 

Forçar a embreagem

O segundo erro que pode fazer com que seu carro quebre é exagerar no freio da embreagem, ou pressionar o pé nesse freio o tempo todo, enquanto dirige. Esse ato só deve ser feito na troca de marchas. Acelerar de maneira imprópria também gera desgastes no motor.

Pisar no freio toda hora

Frear o carro causa desgaste no motor e no sistema de desaceleração do seu veículo. Para isso, evite andar na velocidade máxima sempre, pois além de ser perigoso para seu carro, você coloca a sua vida e a vida das demais pessoas em risco, podendo causar acidentes.

Segurar o carro na embreagem em lombadas

De fato, a embreagem é o ponto mais sensível do veículo, e abusar dela é um perigo enorme. Em terremos irregulares ou em serras, evite puxar a embreagem com muita força e constantemente, deixando a velocidade do seu veículo fluir normalmente.

Não segurar no câmbio frequentemente

A regra de ouro na direção é sempre dirigir com as duas mãos no volante. Sendo assim, não é recomendável e nada seguro colocar uma delas em qualquer parte que não seja o objeto citado. Isso também desgasta o sistema de câmbio do seu automóvel.