Jogador de futebol sofre tentativa de homicídio e é lavado para UTI

Igor Juan

19 de outubro de 2021
Atualização:19 out 2021 às 12:28

Um jogador de futebol de 19 anos, Felipe da Silva, integrante do time do Barbalha Futebol Clube, sofreu uma tentativa de homicídio na segunda-feira (18), na cidade homônima, no Ceará. O jogador foi baleado duas vezes, sendo atingido no ombro e na perna direita, e levado para o Hospital Santo Antônio.

Segundo o hospital, ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas seu quadro de saúde é estável.

De acordo com com 4º Comando Regional da Polícia Militar, Felipe estava com outro jovem identificado como Pedro Erick Silva Ambrósio de 18 anos, na Avenida Paulo Maurício, quando dois homens numa moto, se aproximaram e efetuaram os disparos.

Pedro, segundo a Polícia, foi baleado na cabeça. No entanto, a assessoria de imprensa do Hospital Santo Antônio informou que os ferimentos dele foram leves e ele deve ser transferido ainda na noite de hoje para o Hospital São Vicente, também em Barbalha.

Felipe, por sua vez, chegou em estado grave à unidade de saúde. Teve parada cardiorrespiratória e foi reanimado antes de ser intubado e levado para a UTI.

Investigações do ataque ao jogador

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil e a Polícia Militar estão em trabalho ativo para localizar suspeitos.

Felipe jogou no time profissional do Barbalha em um curto período de 2021, e competiu no Campeonato Cearense Sub-20. Chegou a ser selecionado para compor o elenco da Copa Fares Lopes, mas não teria se apresentado para a convocação.