Jovem mata a mãe pelas costas com abridor de coco

Igor Juan

19 de abril de 2021
Atualização:19 abr 2021 às 16:39

A violência que assombra as ruas país a fora também chega dentro de muitas casas e nem mesmo o parentesco ou afeto mais próximo está salvo.

Este foi um dos casos que está chocando São Paulo neste fim de semana. Uma mulher foi morta dentro de casa pelo próprio filho na região de Guarujá.

O caso aconteceu neste sábado (17). Francisca Moraes tinha 50 anos e trabalhava como faxineira. Ela estava sentada quando foi apunhalada pelas costas pelo filho, Anderson Moraes. O jovem de 25 anos foi preso em flagrante na tarde do mesmo dia.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares foram chamados ao local e apuraram que vizinhos haviam socorrido Francisca e a levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) – PAM Rodoviária. Entretanto, ela faleceu minutos depois.

A filha da vítima, que não teve o nome revelado, relatou que ouviu gritos da mãe e a viu caída e ensanguentada no chão. Segundo ela, Francisca disse que “seu filho queria matá-la e agora havia conseguido”.

Além disso, um vizinho contou que viu a vítima sentada em uma poltrona fora da casa quando o suspeito desferiu um golpe em suas costas, com objeto semelhante a um punhal.

Dessa maneira, a Polícia Militar realizou buscas e encontrou um abridor de coco e uma camiseta com manchas aparentemente de sangue. Os materiais foram apreendidos para análise pericial, informa a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP).

À PM, Anderson Moraes disse que a mãe teria caído e batido a cabeça no chão, mas depois se rendeu, sem oferecer resistência. Ele não informou a motivação do crime e responderá por homicídio qualificado. O caso foi registrado no Departamento de Polícia Civil em Guarujá.

A Polícia Civil prossegue com as investigações para esclarecer as circunstâncias do crime.