Número de pessoas com doenças mentais deve quadruplicar até 2051

Igor Juan

13 de maio de 2021
Atualização:13 maio 2021 às 12:51

Cerca de 1 milhão de pessoas no Brasil sofrem de doenças mentais, como o Mal de Alzheimer, por exemplo. Esse número vem preocupando vários médicos e especialistas em doenças neurológicas, que preveem que esse número chegue a 4 milhões em 2051.

O principal motivo desse fenômeno estar acontecendo está relacionado com o estilo de vida da população brasileira. Problemas como hipertensão, cardiopatias, diabetes, sedentarismo e obesidade são fatores que favorecem o aparecimento do Alzheimer.

Segundo dados do IBGE, o número de pessoas obesas dobrou no Brasil em 2020, em relação à 2002 e 2003. Cerca de 75% da população obesa e sedentária tiveram que ser internados por sofrerem de doenças mentais.

Para que esse número possa ser freado, há vários movimentos de médicos para que o Poder Público faça campanhas de prevenção, e que reforce a necessidade de ter um estilo de vida mais saudável.

Recomendações para evitar o Mal de Alzheimer e outras doenças degenerativas no cérebro

O Ministério da Saúde orienta que as seguintes medidas sejam adotadas para evitar o Mal de Alzheimer:

  • Aprender coisas novas- Estimule o seu cérebro a se manter ativo sempre, seja por meio de cursos online ou presenciais de coisas que sejam de seu interesse;
  • Ler- O hábito de leitura estimula a memorização e fortalece o cérebro a não se esquecer das coisas;
  • Exercitar a mente- Procurar realizar atividades que estimulem o pensamento, como palavras cruzadas, charadas, Sudoku, quebra=-cabeças;
  • Evitar o fumo e bebidas alcoólicas- Além de fazerem mal para outras partes do corpo, o álcool e as drogas podem danificar a atividade cerebral também;
  • Alimentar-se bem- Como dito anteriormente, as doenças mentais estão amplamente ligadas a hábitos alimentares pouco saudáveis, que precisam mudar;
  • Fazer exercícios- Manter um estilo de vida saudável combate o sedentarismo, outro fator de risco para o Alzheimer.