Ser viciado em trabalho é ruim para a saúde mental

Igor Juan

13 de abril de 2021
Atualização:13 abr 2021 às 13:56

Você se considera uma pessoa ‘workaholic”, termo usado para quem é viciado em trabalho? Se sim, saiba que esse tipo de vício é muito perigoso e faz mal para a nossa Saúde.

Trabalhar todo dia não é ruim, muito pelo contrário, é algo bom e necessário para ganhar dinheiro. Há diversas profissões no Mundo, muitas delas essenciais, que não podem ser paralisadas, e outras que podem se ”dar ao luxo” de parar nos finais der semana.

Porém, esse excesso de trabalho pode se tornar um vício, muitas vezes por pensarmos que a empresa precisa funcionar 24h por dia, quando na verdade não é bem assim.

Muitos especialistas dizem que é um erro se achar que quanto mais trabalho for feito, mais dinheiro a empresa ganhará, ou terá um sucesso maior em relação aos concorrentes. Esse tipo de pensamento faz com que muitas pessoas ”se forcem” a trabalhar sem uma pausa, se tornando viciadas.

Pessoas que se expõem a esse tipo de rotina tendem a serem mais estressadas e sofrerem mais coma saúde mental. Para evitar isso, é importante relaxar de vez em quando, ou tirar uma folga no trabalho.

Diferente do que muitos podem pensar, a maioria das pessoas viciadas em trabalho são as mulheres, por serem mais propensas a ficarem entediadas com facilidade e acharem que precisam fazer algo o tempo todo.

A psicóloga Marilene Khedi dá dicas de como evitar ser uma pessoa viciada em trabalho:

  • Organização- Estabeleça uma rotina diária, com assuntos prioritários para serem resolvidos no dia, e outros que podem ser resolvidos depois;
  • Não faça tudo sozinho- Se a sua empresa tiver muitos funcionários, delegue a maioria de suas tarefas para eles, e foque apenas no que é necessário;
  • Não dê um passo maior que a perna- Saiba gerir a sua empresa de forma que as responsabilidades se adequem ao número de funcionários que você tem. Não exija tanto de si mesmo e saiba dizer não ou recuar, caso a demanda esteja muito alta para a sua realidade;
  • Não se cobre tanto- Respeite mais o seu corpo. Entenda quando ele estiver dando sinais de cansaço e tire uma folga de um dia, ou uma semana, ou um mês;
  • Peça ajuda- Não seja teimoso. Se achar que não dá conta de fazer tudo sozinho, peça ajuda para outras pessoas. Ou se a empresa for pequena e todos os funcionários estiverem sobrecarregados, faça readequações dessa rotina de produção.

Corpo são, mente sã

Marilene explica que a produtividade tóxica é derivada da falsa sensação que as pessoas têm do significado da palavra produtividade.

Ser produtivo não é trabalhar 24h por dia e sete dias por semana, mas sim realizar todas as tarefas que precisam ser feitas no dia, e o que não der, deixar para o dia seguinte.

Ter momentos de descanso é benéfico para melhorar a produtividade diária e evitar o esgotamento mental, que pode gerar diversas doenças e transtornos mentais.

Ter um hábito de vida saudável também ajuda. Para isso, é necessário dormir bem, fazer exercícios diariamente e ter uma boa alimentação, para que tenhamos energia suficiente para lidar com a rotina de trabalho.

Doenças que podem surgir com esse vício

  • Depressão;
  • Estresse;
  • Tendinite;
  • Dor lombar;
  • Dores no corpo;
  • Dermatites;
  • Rinite alérgica.

Todas essas doenças são tratáveis, mas precisam de acompanhemento médico.